Águas passadas…

Confesso, eu ADORO o Instituto, e olha que faz pouco tempo que eu frequento as aulas… eu estava com uns probleminhas, na verdade, eu estava buscando umas respostas para algumas coisas que estavam acontecendo comigo…

Na aula de Velho Testamento, foi revisão,ah, perfeito! Lá, o professor revisou os livros de Samuel e o que me tocou foi justamente ‘ o homem atenta para a aparência, mas o Senhor olha o coração”. E me perguntei: será que não estou julgando pelas aparências? Eu queria poder ver o coração de algumas pessoas e saber se estou enganada… tive a forte impressão de que as coisas não tinham acabado  e nem vão acabar tão cedo e que eu não preciso me angustiar com isso. Estava  magoada, sentimentos com os quais eu não sei lidar muito bem. O que podia fazer?? OLHAR PARA O CORAÇÃO.

Bom, anotei umas coisas bem legais . Primeiro, acho incrível como as pessoas não conseguem ficar firmes ‘quando estão na prosperidade, sei lá, eu não entendo como isso pode acontecer porque é quando estamos bem que podemos ver a mão do Senhor a nos guiar e cuidar, mais que em qualquer momento, é tão óbvio… É arriscar a desobediência dolosa mesmo, fazer o errando sabendo, como pode???

Guardar os mandamentos, esta foi a frase que mais tinha aprendido na semana, tudo que estudava se remetia a obedecer os mandamentos. A aula começou com um provérbio ÁGUAS  PASSADAS  NÃO  MOVEM  MOINHOS, a gente disse que poderia sim, mas no que se refere a bons exemplos, e o professor veio com uma passagem de Paulo  O HOMEM QUE LANÇA  MÃO DO ARADO E OLHA  PARA TRÁS, NÃO É  DIGNO  DE  SEU FUTURO. Claro que isso entrou em contradição com o que falamos, o que tornou a aula interessante, eu fiquei muito intrigada com isso, mas ele disse que quando conhecemos o evangelho devemos ter cuidado com as águas que vêm lá de cima e que podem danificar nosso moinho, de fato isso é verdade, e outra coisa também, que ele finalizou a aula dizendo que nosso passado não move o futuro desde que nos arrependamos no presente, EIS A EXPLICAÇÃO!!! Ah, foi maravilhoso, eu fiquei pensando naquilo. Outra coisa que ele disse foi justamente que  cada um de nós cria a Igreja em nosso coração e juntos, compartilhamos estes princípios… foi perfeito?? Claro que sim, sem palavras para definir tudo isso. Então, eu não poderia simplesmente abrir mão de nutrir a Igreja que está crescendo no meu coração pelas aparências, é como olhar para dentro da água, o peixinho nunca está aonde aparenta estar…é preciso perdoar e olhar para frente e ser dignos de nosso futuro não se importando tanto com as preocupações do mundo, mas sim, as eternas, porque, ao fim, são elas que realmente contarão. Em nome de Jesus Cristo. Amém.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s